terça-feira, setembro 17, 2013

Sim, eu tenho um amor


Lembro-me de quando as coisas eram diferentes na minha vida, de quando qualquer coisa bastava para me fazer feliz, de quando eu enganava ou era enganada não era nada quando podemos dar o troco, de quando o amor era só uma palavra sem significado, quando sofrer não era opção e um “eu te amo” não era proferido pelos meus lábios.
Histórias em minha vida não faltam, contos, paródias e até fabulas, mas de uma coisa eu sei, todas existiram e cada uma delas deixou uma marca, algumas mudaram a minha vida de tal maneira que até hoje não tem como concertar os erros ou agradecer pelos acertos.
Paixão de criança tem um significado muito importante na vida, faz aprender a amar, faz aprender a odiar, e até mesmo a nunca mais sofrer, mas de uma coisa eu sei, cometemos os mesmos erros muitas vezes para que por fim consigamos acertar.
A minha vida não foi diferente das vidas das demais pessoas do mundo, teve altos e baixos também, eu não reclamo, não me arrependo, mas existiu um tempo em que essa pessoa que aqui escreve se transformou em uma pessoa fria e calculista, isso por quê? Por amar a pessoa errada e cometer erros por conta disso.
Eu ainda não entendo por que fui entrar naquele ônibus, não entendo por que fui àquela festa, não entendo por que deixei você me levar para casa, não entendo por que nos dias seguintes deixei você me buscar em casa e me levar para a escola, não entendo por que terminamos e quando você pediu pra voltar eu aceitei, eu sabia de tudo que você fez de errado e mesmo assim te dei mais uma chance. E esse foi o meu pior erro, acreditar em alguém que havia mentido tanto para mim. E depois dessa ultima chance mais uma vez você me enganou.
E foi por esse motivo que eu comecei a fazer coisas horríveis, comecei a mentir, a trair e enganar quem me amava, por não acreditar em ninguém, por achar que todos iam fazer o mesmo que você fez comigo.
Mas ai eu conheci outra pessoa, e ele me amava, e queria me fazer feliz e eu mais uma vez me entreguei, sempre com um pé atrás, porém eu me apaixonei novamente, mas eu ainda estava fria por dentro, mesmo que com pouca intensidade. E mais uma vez eu magoei sem motivos, magoei e não senti remorsos, magoei por que eu não queria amar.
E mais uma vez alguém sofreu por mim, e eu ria com a dor alheia, porém tudo que vai tende a voltar, essa é a lei, e sim voltou com muita força ao meu encontro, eu me apaixonei, e minhas asas foram cortadas com tamanha rapidez que nem mesmo eu entendi o que aconteceu, eu não me apaixonei, eu o amo, sim eu amo, no presente por que o sentimento está vivo dentro de mim. Se eu tentei viver outro romance? Sim vário. Se deu certo? Não. Por quê? Eu também quero saber, apenas sei que enquanto esse sentimento, esse amor, essa chama, estiver dentro e mim minha vida não vai mudar e eu não vou conseguir me entregar, pois eu tento esquecer, porém sempre vem átona.
Como eu queria entender tudo que aconteceu e acontece na minha vida, porém não consigo. Tenho apenas um medo, não entender os meus sentimentos e perder aquele que eu posso dizer que foi o único que eu amei de verdade.

Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com