domingo, outubro 13, 2013

Hoje não parei de olhar pela janela


Que dia é hoje? 
Dia de pensar, agir, falar e esclarecer tudo?
Não.
Hoje é dia de ficar em casa, ler, escrever e ver o quão burra são algumas atitudes que tomamos.
Antes de falar qualquer coisa temos que pensar, para depois não ficarmos nos lamentando do que poderíamos ter feito ou estar fazendo agora.
Dói pensar que estaríamos comemorando hoje, mas estamos longe um do outro.
Eu devia saber que um relacionamento que começou em uma sexta-feira 13 não iria dar certo de maneira nenhuma, eu deveria saber que coisas que acontecem as pressas nunca dão certo, mas eu continuei a tentar, continuei achando que iríamos ficar por um tempo juntos, engano meu pensar assim, idiotice minha achar que você seria maduro o suficiente para entender o que eu te disse.
Que pena que acabou.
Tenho uma vontade tamanha de ir à sua casa, dizer que eu te quero de volta e se você não disser nada eu vou te beijar e fazer a mesma coisa que você fez uma certa vez comigo, te jogar na cama e dizer que te quero para mim, só para mim, e não vou me importar se o tempo passar, pois quando estou com você é como se o tempo parasse.
Sim, é isso que eu quero. O tempo tem que parar e eu tenho que ser totalmente sua.
Porém isso são apenas desejos de uma menina que disse que não iria se apaixonar e se apaixonou, e jurou ser forte e mais uma vez falhou, que prometeu não chorar e não conseguiu segurar as lágrimas de emoção ao pensar que poderia estar sendo feliz agora, ao lado de um alguém que nesse momento mais uma vez prova que não merece essa garota, pois não é capaz de ser homem o suficiente e enfrentar as dificuldades e admitir que nós dois erramos e que os dois merecemos uma segunda chance.
Porém eu sei que palavras não vão mudar a situação e que são as atitudes que importam agora.
Fico olhando pela janela do meu quarto imaginando você chegando, sonhando em ver o seu sorriso, que eu amo tanto, e dizendo para eu descer por que precisamos conversar, e quando eu chegar perto você me abraçar e dizer no meu ouvido que estar tudo bem e que quer ficar comigo, porém eu sei que isso não vai acontecer.
E mais uma vez o meu “era uma vez” não terminou com o “viveram felizes para sempre”.

Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com