terça-feira, julho 02, 2013

Quando acaba: Deixar Partir Ou Insistir?




Olá! Primeiramente, gostaria de me apresentar :) Eu sou o Tauan, e a convite da dona do Blog, passarei a escrever de vez em quando aqui! Estou bastante animado, pois apesar de adorar escrever, nunca postei nada em paginas ou blogs antes, então... se forem criticar, peguem leve por favor, haha! Meus textos serão reflexivos, ou desabafos. Textos que dirão coisas que vocês certamente já sabem, mas que todos nós insistimos em ignorar, mesmo quando está na cara... Espero que curtam ^^ bom, vamos ao que Interessa.

Qualquer pessoa digna de se considerar humana, certamente já gostou de alguém. Já teve sentimentos por uma pessoa, e provavelmente teve problemas com isso. E a maioria de nós, pelo menos quem já teve mais de uma experiencia em relacionamentos, sabe que não é fácil lidar com o fim. Ninguém começa um namoro esperando terminar. Quando o relacionamento é sério, sempre tem aquela coisa de "nunca vou te deixar" ou "nunca vou amar alguém do jeito que amo você", entre diversas outras coisas que dizemos quando estamos gostando de alguém  É natural, sabe, não é errado dizer o que se sente, quando se sente. É normal tentar expressar através de palavras o quanto se gosta de alguém  porque, apesar de as coisas não costumarem durar para "sempre", que seja eterno enquanto dure, e que seja vivido e aproveitado ao máximo. Ninguém quer meios amores e meios sentimentos, assim como ninguém quer meias amizades ou meias verdades.
O problema é Quando acaba.
Uma das partes sempre vai sair ferida. Mesmo que não muito, sempre dói. Mas as vezes, é o melhor a se fazer. A vida nos leva a conhecer pessoas, e nos aproximarmos delas, aprender e crescer... aproveitar momentos, e as vezes, a participação dela na nossa vida, estava limitada às lições que tínhamos a tirar daquela vivência. Na melhor hipótese, se você sabe lidar bem com um fim de relacionamento, você cresce e evolui. Se torna mais perspicaz para evitar os erros que cometeu, e amadurece para compreender os erros  aceitáveis que não conseguiu perdoar. Mas quem disse que a melhor hipótese é a mais ocorrida? Longe disso. Normalmente, se não foi nossa vontade terminar, acontece o mesmo: A gente tenta fingir que ta bem, mas ta na fossa. Da vontade de ficar de molho em casa, se entupindo de bobagem e assistindo filmes depressivos com musicas depressivas. O que não faz sentido, já que o certo deveria ser procurar se animar. Mas é uma válvula de escape. A gente que "sente" gosta de sentir ao extremo, até mesmo a dor. E sabe que ajuda? Chorar até não aguentar mais, é um dos passos rumo à aceitação e superação. Tentar engolir e fingir que ta tudo bem de forma forçada, só vai acumular feridinhas que de tanto se ignorar, ficam cada vez mais difíceis de cicatrizarem. Mas de maneira alguma, devemos nos humilhar 'mendigando' a quem nos deixou, que volte para nós, quando essa pessoa deixa claro que está melhor sem a gente. 
Quando alguem que você gosta te fizer se sentir pequena, ou de alguma forma proposital, machucar você, essa pessoa não pode em HIPÓTESE alguma ser a pessoa certa para você. Uma pessoa ideal pode ter defeitos, mas pisar nos seus sentimentos, orgulho ou caráter, não é um desses defeitos. Essas coisas são tipicas da personalidade de pessoas sujas e que merecem ficar sozinhas na vida. Em tantos anos, aprendi que mesmo quando alguem já não é mais 'bom' para nós, a conversa é a melhor opção, e pisar nessa pessoa, não vai nos fazer melhor em nada. Mesmo que as vezes a amizade entre dois "ex" seja difícil  a paz é um elemento essencial, e a cumplicidade também.
Não podemos esquecer que há outras situações, ligadas a rompimentos. As vezes deixamos, ou somo deixados por alguem, por causa das dificuldades que surgem e fazem o mundo parecer conspirar para que não dê certo. Pra isso, há o peso: O quanto vale encarar o mundo e as dificuldades? O quão importante é o momento que passamos juntos com essa pessoa, e o quanto isso vale para ela? As vezes, dificuldades surgem na vida, em diversos momentos, justamente pra testar o quanto merecemos conseguir as coisas. Justamente para que entendamos o valor de cada presente que a vida nos trás. Pois tudo que vem fácil  perde o brilho rapidamente, e logo, o valor... Se você abrir mão tão facilmente de algo pelo qual vale a pena lutar, e que você sabe que a outra pessoa TAMBÉM está disposta a lutar, você está abrindo mão de algo que dificilmente vai se repetir. Pois no mundo de hoje em dia, as pessoas estão cada vez mais assim... desinteressadas, acostumadas ao fácil  e abrindo mão de qualquer coisa pelo que pareça melhor. Pessoas estão jogando fora uma vida, por um momento. Procure pensar sempre nisso, e não cometa esse erro. 
Mas quando chega aquele momento em que você foi racional e conseguiu chegar a conclusão de que realmente você e a quela pessoa não tem mais nada a ver um com o outro, e que o melhor deveria ser terminar, conversar é a melhor opção. Diga tudo o que sente, o que mudou, sem máscaras, sem esconder nada. As vezes, com uma conversa clara, o que deveria terminar, pode recomeçar e ser ainda melhor... Ou então, realmente acabar, mas amenizando a dor que seria, se acabasse de outro jeito, como com uma traição, ou com mentiras (que não deixam de ser traição). Só nunca deixe uma cara de sofrimento e lagrimas te impedir de dizer a verdade, quando não quiser mais. E Não seja a pessoa que vai chorar pedindo para que não acabe. Se chegou a hora de acabar, é PRECISO saber deixar partir... Pior do que terminar com alguem, ou perder alguem que você gosta... é ficar com alguem por pena, ou saber que o amor que você pensa que a outra pessoa têm, é só 'dó'. Esse sim, consegue ser um sentimento pior do que raiva. Atrasa a vida. E se você insistir em algo que não dá certo, só vai se machucar, sair machucado, e perder a chance de deixar a vida lhe trazer novas surpresas. 
Pois uma coisa é certa: Sabemos o que queremos, mas a vida sabe o que Precisamos de verdade. E Só quando merecemos, e quando estamos prontos, ela nos estenderá o caminho que nos levará àquilo!

Espero que, se você chegou até aqui, não tenha apenas lido, mas também, pensado em tudo o que falei :) Semana que vem, vou falar sobre "Tentar com o passado, ou conhecer alguem novo" (não vai ser bem esse o nome, mas o assunto, sim, haha). Espero que nos sigam, e deixem comentários :D Obrigado desde já!



Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com