sexta-feira, agosto 16, 2013

Um amor sem sentido



Encontrei-me sem destino quando você me deixou, procurei um sentido para a vida, mas nada encontrei, não havia nada sem você, em um passado remoto apenas vi você dizendo que me amava e me recordei das mentiras que dizia. Por que encontrei as mentiras agora eu não sei, deve ser por que quando amamos nos tornamos imaturos e não sabemos definir entre a verdade e a mentira. 
Descubro relembrando o passado que eu era uma criança em busca de abrigo, encontrei uma cabana no meio da chuva e essa cabana era você, refugiei-me como um pássaro sem ninho, sentia-me feliz ao seu lado, o amor começou a nascer em mim quando você me acariciava e dizia que ia ficar tudo bem, que nunca ia me abandonar, a tolice tomou conta de mim e eu por pura ingenuidade caí nos teus braços e me apaixonei perdidamente.
Chega a ser engraçado o passado que eu tive com você. O meu amor por você não tinha sentido. Quando você me deixou eu me vi perdida, tanto em lágrimas quanto em pensamentos. Muito tempo passou até eu começar a viver uma vida normal, uma vida sem você. Muito tempo passou até eu saber que realmente o que eu sentia por você não era um amor saudável, era um amor doentio, coisa física, sem sentido tanto para mim quanto para você. 
Cheguei a pensar em não mais viver, pois você me deixou no momento em que eu mais precisava, mas por que eu precisava de você? Você não me merecia, não me amava, chego a pensar que nunca me amou, e agora eu estou aqui sofrendo. Tento não colocar a culpa nas pessoas que estão em minha volta, mas não consigo, explodo sem perceber, acho que todos vão me deixar, vão me trair assim como você fez, vão me abandonar e me fazer sofrer.
Tornei-me a pessoa fria que não queria me tornar, já não queria mais atender ao telefone, já não suportava mais me olhar no espelho e ver o meu reflexo, vi-me precisando de algo para me completar, mas nunca encontrei. Tentei te esquecer, tentei colocar outra pessoa no seu lugar, mas ninguém vai fazer uma surpresa de ano novo como você me fez, ninguém vai me ligar às quatro da manhã pra dizer que teve um pesadelo, e quando eu perguntar que tipo de pesadelo, falar que sonhou que eu havia ido embora e nunca mais havia voltado, ninguém vai conseguir tirar os sorrisos bobos que você conseguia com poucas palavras. Porém começo a acreditar que isso foi só uma fantasia que você criou em mim, para eu acreditar no amor que você fingia sentir, e hoje vejo que foi o meu pior ano novo, perdi as minhas horas de sono falando com você, os meus lábios sorriram em vão.
Um amor sem sentido foi o que tivemos, tudo foi passageiro, uma fantasia, odeio dizer que me arrependi, porém foi isso que aconteceu, eu me arrependi até mesmo de ter te conhecido, deveria não ter ido para aquela festa com a minha amiga, deveria não ter me apresentado a você, e quando digo que me arrependo é por que não suportei sofrer todos esses anos por você, me bloquear de um novo relacionamento por conta de pensar que poderia sofrer novamente. E por essa razão eu sofro por me trancar no meu mundo paralelo. Mas, com sorte, eu consiga aceitar que no amor não existe moral da história.







Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com