terça-feira, janeiro 07, 2014

O último texto para você


Os textos já são batidos, as músicas já são repetitivas, as cores são as mesmas, seu olhar já não diz mais nada, suas palavras já não são mais verdadeiras. O que eu diria para você agora? Acabou? Tarde demais para se arrepender do que você fez? Não importa o que aconteça não irei votar atrás.
O amor verdadeiro não é o que você sente por mim, e muito menos o que eu sinto por você, toda aquela história de para sempre ao seu lado nunca foi de fato real. O amor não é egoísta, quando se ama não apensamos apenas nas nossas necessidades, mas primeiramente queremos entregar a nossa vida aquela pessoa que está ao nosso lado. E definitivamente não foi isso que fizemos um para o outro. Quando estávamos juntos apenas queríamos satisfazer o desejo do nosso corpo, queríamos apenas mais um momento de prazer, mas agora já não é mais esse o meu desejo não acho que a minha felicidade depende desse prazer momentâneo ao seu lado. Quero uma coisa que dure para a vida, que deixe o meu dia mais leve, não que eu saia por ai pensando nas besteiras que eu fiz.
E mais uma vez esse texto é para você, já dizia a música da Clarice Falcão “...quem vai comprar esse cd sobre uma pessoa só?...”, eu digo o mesmo sobre os meus textos, quem vai querer ler textos sobre uma pessoa só? Temo que essa saga já deveria  ter chegado ao fim faz tempo, pois já não dava mais lucros ou a audiência desejada, mas eu como autora decidi dar continuidade na história e estender para mais um, dois, três, mil textos sobre você. O que é claro não deixou os leitores muito felizes, esses leitores que muita das vezes me diziam para deixar de ser boba e seguir a minha vida sem escrever textos que você nunca irá ler, mas eu como sonhadora que sou, escrevia todos os dias um texto novo, com intuito de que você fosse ler ao menos um deles, mas até agora você nunca os leu.
Será que eu errei em querer te mudar? Será que eu errei em querer que você fosse uma pessoa melhor? Será que eu errei em dizer que ia te deixar e não te deixei? Será que eu errei em não querer mudar?
Às vezes acho que o erro não foi seu, nem meu, mas sim nosso, agimos em harmonia, ao menos na parte dos erros, o que só fez como sempre corações acabarem se magoando, é maldade minha dizer que não te amo, mas não posso mentir por mais tempo, isso seria hipocrisia de minha parte.
Bom, tudo tem um fim, e depois do fim o que acontece? Não sei, apenas está na hora de viver e deixar as coisas no passado, ele serve de lição para o futuro, mas não pode fazer parte do presente.

Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com