quinta-feira, janeiro 16, 2014

Resenha: O Extraordinário



Sinopse: "August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor."




O que vou falar desse livro é meio clichê, mas é a pura verdade, esse livro prendeu a minha atenção do começo ao fim e isso me deixou muito feliz, já que as minhas últimas leituras não foram as melhores. Primeiramente peguei esse livro emprestado da minha marida e ela disse que era maravilhoso, uma amiga minha disse que era maravilhoso, eu já queria lê-lo, então ele se tornou a minha leitura fácilmente.

"Tudo que é nascido de Deus vence o mundo"
(Pág. 15)

O Extraordinário conta a história de Auggie um menino que nasceu com uma deformidade genética, por essa razão ele não estudava em uma escola normal, a mãe dele o ensinava em casa, a vida dele desde sempre foi complicada o Auggie tinha apenas 3 amigos sendo 1 deles seu amigo de verdade, mas o Christopher teve que se mudar para outra cidade.

"Preceito de Setembro do Sr. Browne: "Quando tiver que escolher entre estar certo
e ser gentil, escolha ser gentil"."
(Pág. 55)

Esses anos que ele não foi a escola foram passados com a mãe, o pai e a irmã, e a novidade era que ele iria para a escola estudar o quinto ano lá, uma coisa muito complicada dada a aparência nada normal de Auggie. Antes de começar as aulas ele vai até a escola conhecê-la e lá o direto o apresenta a 3 crianças que devem fazer as “boas vindas” da escola e o levar para conhecer a escola.

"Que obra-prima é o homem! quão nobre na razão!
quão infinito na capacidade!
como é expressivo e admirável na forma e nos movimentos!
nas ações parece um anjo! na apreensão é como um deus!
a beleza do mundo!...
(Shakespeare, Hamlet)
(Pág. 211)

Auggie conhece a escola e começa as aulas, uma coisa muito legal (sqn), esse livro trata muito com a questão da aceitação, fala muito também do bullying, julgamento por aparência, brincadeiras de mal gosto e muito mais.

"— "A grandeza", escreveu Beecher, 
"não está em ser forte, mas no uso correto da força...
Grande é aquele cuja força conquista corações..."
Ele engasgou mais uma vez, de repente. 
Antes de continuar, levou ois dedos aos lábios por um segundo.
— "Grande é aquele cuja força conquista mais
 corações pela atração do próprio coração"."
(Pág. 306)

Eu gostei muito da narrativa da autora e foi muito bom ver o Auggie pela perspectiva de outros personagens da história, além do mais ao decorrer do livro você vai aprender a amar o Auggie e a perceber que ele é um menino normal e nem vai querer imaginar a aparência dele, confesso que no começo eu fiquei pelo menos uns 10 minutos imaginando como ele seria, um livro maravilhoso que com certeza se tornou fácil um dos meus favoritos, aprendi muito com ele e vi que uma criança de 10 anos pode ser muito mais adulta que muitos adultos.
Eu super indico o livro e prepare-se pois ao começar a ler não vai mais querer parar até chegar ao fim e ver o que acontece.

"Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida,
porque todos nós vencemos o mundo. 
(Auggie)
(Pág. 313)

Sobre a edição que eu li, foi a da capa azul, a nova edição, é da Editora Intrínseca e como sempre uma diagramação muito boa, papel amarelinho e eu amei o formato em capítulos curtos isso, para mim, facilita muito a leitura.
O Extraordinário é realmente extraordinário.

Minha Avaliação


Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com