quarta-feira, abril 02, 2014

Resenha: Witch & Wizard (Bruxas e Bruxos)




Sinopse: "No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós."



Primeiramente: Olá pessoas, voltei a fazer resenha!!
(Agora vou falar sobre o livro)

Bruxas e Bruxos foi um presente de natal/aniversário que o Guilherme me deu (ele já fez algumas resenhas aqui no blog, dá uma olhadinha por ai), não tava colocando muita fé nesse livro ou melhor nessa trilogia, pois depois dos meus bruxos favoritos que estão em Hogwarts eu não li mais nada sobre esse mudo de bruxaria, mas ganhei esses e resolvi dá uma chance para essa novidade. E admito que me surpreendi muito com essa estória.

"Eu sei que a vida é uma droga quando não vê a hora de ser institucionalizado,
drogado ou até passar por uma sessão de choque para voltar a realidade.
A essas alturas, eu aceitaria uma lobotomia numa boa.
Acho que temos que encarar quando a liberdade deixa de ser um sonho."
(Pág. 63)

Whit e Wisty são irmãos e vivem em um lugar que está sendo dominado pela N.O., eles são levados para uma prisão e estão com os dias contados, pois o Único que é o Único praticamente implantou a aquisição caça as bruxas, não só os irmãos, mas todos os adolescentes sofrem com essa perseguição... mas a questão é, qual será o destino dos irmãos e de todas as crianças e adolescentes daquele lugar?

"Talvez se alguém misturasse dor, 
ódio e sofrimento em partes iguais,
 e por acaso essa mistura tomasse forma e fosse mergulhada em tinta preta,
 teríamos quase o que eu estava vendo naquele momento."
(Pág. 153)

O livro é rechiado de emoções, ações e surpresas, mas como não seria? Dois adolescentes normais que numa noite são levados para uma prisão e são acusados de bruxaria, mesmo não sabendo que são bruxos e logo em seguida acontece tanta coisa que nem eles entendem o que está acontecendo. É uma loucura.

"É heroico encarar a própria dor e é você que está fazendo isso agora."
(Pág. 236)

Tenho que confessar que não queria está na pele deles, mas que o mundo de hoje está se transformando cada vez mais no padrão que é essa estória, onde adolescente não tem direito de nada, ou melhor onde adolescentes não sabem o poder que eles tem perante a sociedade. Recomendo muito mesmo o livro. Amei a magia implantada nele e é um livro um pouco diferente dos que eu já li.

"Quando foi a última vez que você olhou de verdade nos olhos dos seus pais?"
(Pág. 266)

Estou muito curiosa para saber o que acontece nos próximos livros e espero que seja uma maravilhosa trilogia. 
O livro é da Editora Novo Conceito, a capa é mega macia (amei), as folhas amarelinhas, diagramação maravilhosa, capítulos curtinhos (nem todos gostam, mas eu gosto), e tem um mapa. 

Minha avaliação:




Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com