sábado, agosto 09, 2014

Resenha: Cretino Irresistível (Livro 1)



Sinopse: "Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso! Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro."






Oie gente voltei com mais uma resenha, então, como vocês já perceberam temos muitas novidades no blog, incluindo duas novas colunistas  e publicitárias, nesse blog só tem gente desse ramo de publicidade, mas sem delongas vamos ao que interessa a resenha desse livro, acho que todos estão curiosos para saber o que eu achei desse sex-seller que foi o meu primeiro livro lido desse gênero que hoje está tão em alta no mercado feminista. Peguei Cretino Irresistível emprestado da Mel, colunista aqui do blog, e falei que iria dá uma chance para o livro, e mesma disse que era maravilhoso, eu como nunca havia lido nada do tipo, nem 50 tons, sim, eu não li e não quero ler 50 tons, enfim... vamos para a resenha.


"A queimação em meu peito não era quase o suficiente 
para me distrair da bagunça em minha mente. Quase."
(Pág. 91)

Esse é mais um livro que me surpreendeu, esperava algo como contos eróticos e me arrependi de ter pensando tão mal do livro, claro que tem muito erotismo, porém também tem uma estória muito boa por trás de todo esse hot. Chloe e uma estagiária em uma empresa de comunicações e seu chefe o Bennet é um cretino, mas é o cretino mais lindo que existe, um certo dia ao fazer uma apresentação para o chefe ela se depara com praticamente um assedio sexual da parte dele, porém o que ela não esperava é gostar tanto desse assedio. O Sr. Ryan que desde o começo da sua jornada profissional com a Srta. Mills a deseja e sempre tem pensamentos sexuais com ela não consegue se segurar e acaba perdendo o controle da situação e como todos dizem o proibido sempre é mais gostoso, e nesse caso é gostoso de verdade, gente que fogo eles tem, e não para por ai, acontece em vários lugares do prédio, no carro, na loja de lingerie, banheiro e afins. 


"Eu a odiei tanto naquele momento.
Odiei saber que ela estava certa e que eu estava errado,
e odiei ela estar me forçando a tomar uma decisão.
Mas, acima de tudo, odiei o quanto eu a queria."
(Pág. 132)


Vamos para a parte que não tem safadezas, a Chloe está lutando pela sua carreira profissional e para se formar no MBA , com isso ela está fazendo estágio nessa empresa e cuidando de contas multimilionárias, claro tem uma carreira muito promissora pela frente, o Bennet já é realizado nesse quesito, ganhando vários prêmios e sempre sendo lançado em revistas como o melhor da sua área de atuação, esse lance proibido entre eles pode gerar uma negatividade na carreira dela, pois ela seria conhecida praticamente como "a assistente que deu pro chefe para ser a top" (tipo isso, com palavras mais bonitas ou mais chulas), ela não quer isso para sua carreira e ele também tem medo de estragar todos os planos da Chloe, porém um aparenta gostar muito do outro, a ponto de começarem a sentir ciúmes um do outro e saudades. Bennet não consegue se relacionar com outras mulheres após as coisas que aconteceram entre ele e a Chloe, e ela não consegue para de desejar que ele rasgue as suas calcinhas. Uma estória muito complicada e que seriamente a Chloe tem que escolher entre ficar com ele ou a sua carreira profissional. 

"Ele pousou sua testa contra a minha por alguns segundos antes de assentir outra vez.
De repente, fiquei chocada.
Sempre pensara que ele tinha todo o poder e eu não tinha nada, mas, naquele momento,
percebi que poderia ter tanto poder sobre ele quanto eu quisesse.
Eu só tinha de ter coragem para isso."
(Pág. 143)

Esse foi um livro literalmente de tirar o folego, pois os momentos que eles estão juntos são muito intensos, gostei muito do desfecho da estória e acho que pegarei os outros emprestado com a Mel para ler, até que não é tão ruim assim o gênero Sex-seller. 
Eu nunca me imaginaria fazendo com meu chefe o que a Chloe fez e também não entrarei nos detalhes, pois são muito tensos. Digamos que a autora Christina Lauren soube me prender numa coisa que eu achei que nunca me prenderia.
Sobre o livro, esse é o primeiro exemplar que leio da Editora Universo dos Livros e achei uma edição muito boa, a capa com o cretino e nas cores preto e branco e as letras em vermelho deixaram tudo de ma jeito muito sexy, as  páginas amarelinhas da maneira que amamos e a diferença de tipografias quando a narração é feita por Chloe e por Bennet nos deixa com uma melhor maneria de leitura. Parabéns para a Editora e a Autora. 


Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com