segunda-feira, dezembro 01, 2014

Resenha: O Fogo

Sinopse: "Você pensou que seria um conto de fadas? Whit e Wisty Allgood sacrificaram tudo para liderar a Resistência contra o regime sanguinário que governa o mundo. O líder supremo, O Único Que É O Único, baniu tudo o que havia de bom: livros, música, arte e imaginação. Mas o poder dos dois irmãos parece estar longe de conseguir deter O Único, e agora ele executou a única família que eles tinham. Você não vai encontrar O Único aqui. Wisty sabe que o momento se aproxima. Em breve ela estará cara a cara com O Único. A sua bravura e o seu dom canalizam ainda mais poder para esse ser, que já é invencível. De que maneira ela e Whit poderão se preparar para o confronto iminente com o implacável vilão que devastou o seu mundo – antes de ele se tornar verdadeiramente onipotente? Nem sempre seremos felizes depois que acabar. No impressionante terceiro livro da série Bruxos e Bruxas, a tensão está maior do que nunca – e as consequências mudarão tudo."

Se você não leu a resenha do livro Bruxos e Bruxas ou O Dom. Clique no nome pra conferir.

Quem fez as últimas resenhas sobre a série Bruxos e Bruxas do James Patterson foi a Edlaine. Dei de presente para ela o primeiro e o segundo livro, quem sabe eu dê esse também...

Pra quem nunca leu a saga, devo dizer que é um livro super gostoso de se ler, por se tratar de capítulos de no máximo 2 páginas, então você acaba devorando o livro sem ao menos perceber que acabara de fazer.

Nesse terceiro livro da saga, Whit e Wisty estão passando por maus bocados, visto que a Wisty ficou doente e o Whit se vê totalmente impotente sobre isso, não sabe se pode ajuda-la ou como ajuda-la. Esse livro é bem focado na evolução pessoal dos personagens, pois eles aprendem mais sobre os seus poderes e até onde podem chegar. E, também dá um enredo a história, porque nos outros livros só vemos eles correndo do O Único Que É O Único, então preparem-se.

"Havia um grande orador, inteligente e carismático.
Multidões vinham de toda a Superfície, hipnotizadas por
suas promessas. Era chamado de O Único Que É O Único
por uma razão: ele era o escolhido, aquele que mudaria o mundo.
E, só depois de ele arrancar tudo de todo mundo,
as pessoas perceberam o que tinham escolhido." Página 6

Na minha opinião, o livro estava excelente e poderia ter acabado nessa edição, não era necessário aumentar a história, porque acaba se tornando exaustivo ficar esperando pelo fim da tormenta dos dois. Mas enfim, espero que o próximo livro seja agradável e totalmente surpreendente. Me conta sua opinião também, gosto de saber todos os pontos de vista de uma mesma coisa.

PS: Queria ter colocado algumas quotes, mas emprestei os três livros da série para uma amiga, mas prometo que não vai ser um texto corridão na próxima resenha. 
PS 2: Me adicionem no skoob e acompanhem o que estou lendo, se quiser é só pedir que eu faço resenhas de alguns livros que já li. >>>Clique aqui para me adicionar!<<<



Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com