domingo, dezembro 22, 2013

O beijo


Era 2 de janeiro lembro-me de todos os detalhes, até mesmo da hora que aconteceu, era para ser apenas uma despedida, mas você não se conteve e me beijou. Foi o beijo mais perfeito de todos, daqueles que faz o coração acelerar e a cabeça não pensar em mais nada. E eu tive que ir embora, não ia partir para sempre, queria ficar mais um pouco, mas não podia ficar. Foi tão rápido e tão maravilhoso.
E como foi a viagem?
Fiquei pensando em você o tempo todo, olhando pela janela do carro e pensando apenas naquele beijo que eu esperava por muito tempo, mas que veio no momento certo. Olhei as estrelas e as achei a coisa mais linda do mundo, acho que porque elas me faziam lembrar dos seus olhos. A grama parecia mais verde, o céu mais azul e tudo mais belo.  Foi como se o tempo estivesse parado naquele momento, porque eu não parava mais de pensar em como havia sido perfeito.
Fui para bem longe, algumas milhas de distancia, mas o meu coração ficou estacionado naquele momento durante toda as férias. Então eu voltei e te encontrei no mesmo lugar, com o mesmo brilho nos olhos e sendo o meu amigo de sempre, mas por que só um amigo? Por que apenas um beijo? Eu ainda não entendia o que havia acontecido, o motivo do beijo, e na verdade até hoje eu não entendo.
Voltando um pouco para o passado, antes de tudo acontecer, você era o dono do melhor abraço e era o que fazia as minhas manhãs serem melhores e o que fazia o meu fim de tarde ser melhor, era o que me deixava feliz no resto da noite, era o que me fazia ir mais feliz trabalhar, porque eu sabia que ia te encontrar lá e ganhar o meu abraço, apenas um abraço já era o bastante, era um abraço sincero.
Depois de um ano de abraços, você me beija? Por quê?
Acho que vou ficar com essa duvida por um longo e interminável tempo, porque a nossa amizade que eu pensei que não acabaria, acabou, ou melhor, se distanciou, não sei nada sobre você, como você estar, o que pensa para o futuro e o que faz no presente. Porém eu sempre vou lembrar-me do nosso beijo e sei muito bem que ele serviu de lição, pois eu sei que não quero esquecer aquele momento tão especial, a melhor despedida de todas.
Sabe eu sinto saudades de você, não sei porquê, apenas sinto. 


Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com